06
maio

Notícia: Mulher será indenizada em R$ 20 mil por útero, bexiga e intestino perfurados

Vítima de erro médico, uma mulher será indenizada em R$ 20 mil pela Prefeitura de Campo Grande. Ela teve o útero, a bexiga e o intestino perfurados durante procedimento no Hospital da Mulher, nas Moreninhas.

Conforme relatou no processo, a vítima estava grávida e começou a ter sangramentos. Primeiro ela procurou o posto de saúde do Bairro Guanandi e de lá por levada para a Maternidade Cândido Mariano. No hospital, médico receitou medicamento para dor e mandou que ela voltasse para casa.

No dia seguinte, ainda sangrando, ela procurou o posto de saúde do Bairro Coophavilla 2 para uma consulta. Durante o exame, foi diagnosticada que a paciente tinha uma gravidez anembrionada (quando o embrião não se desenvolve) e o médico a encaminhou para o Hospital da Mulher, onde passaria por uma curetagem.

Ela passou pelo procedimento à tarde, mas à noite continuava sentindo fortes dores. Foi no terceiro dia, quando a paciente já havia sido levada em estado grave para a Santa Casa, que hemorragia e as perfurações foram detectadas. A mulher teve de passar por nova cirurgia.

Para o relator do processo, desembargador Marco André Nogueira Hanson, não dúvida de que a mulher foi vítima de erro médico. Ele determinou ao município o pagamento de indenização por danos morais.

 

Fonte: https://www.amodireito.com.br/2019/04/direito-mulher-utero-bexiga-intestino-perfurados.html

 

Os artigos reproduzidos neste clipping de notícias são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não traduzem, por isso mesmo, a opinião legal de Vila Nova & Brandão  Advogados.

Thiago Vila Nova
thiagovilanova@vilanovaebrandao.com.br
Ficou interessado? Cadastre-se para receber nosso conteúdo exclusivo

Últimos Artigos