12
abr

Adidas para de pagar aluguel em lojas da Alemanha e indigna autoridades do governo

Em meio à pandemia de coronavírus e à crise econômica provocada pela disseminação da doença, a Adidas anunciou no último domingo (29) que iria parar de pagar aluguéis de suas lojas na Alemanha. A medida gerou indignação por parte de autoridades do governo do país europeu.

O ministro das Finanças da Alemanha, Olaf Scholz, pediu calma às empresas para que elas não prejudiquem os proprietários com medidas imediatistas. “É irritante quando grandes empresas simplesmente anunciam uma interrupção no pagamento do aluguel”, afirmou Scholz ao jornal “Bild”. Para o ministro, é preciso que as empresas entrem em um acordo com os proprietários dos locais para que não haja problemas. “Agora é a hora de trabalharmos juntos”, acrescentou Scholz.

Recentemente, o governo alemão apresentou um pacote de medidas que visa proteger as empresas e os colaboradores dos impactos causados pela pandemia. Entre os pontos está um que impede que os inquilinos sejam expulsos de propriedades comerciais, e também de suas casas, caso tenham dificuldades financeiras influenciadas pela crise provocada pelo Covid-19. A ministra da Justiça alemã, Christine Lambrecht, havia pedido para que os diretores das empresas não se aproveitassem das medidas.

“É indecente e inaceitável que as empresas financeiramente fortes agora parem de pagar seus aluguéis”, afirmou Lambrecht, no último sábado (28). Em sua defesa a Adidas disse à agência de notícias “DPA” que outras companhias fizeram o mesmo. A empresa disse que estava “suspendendo temporariamente o aluguel, assim como muitas outras empresas”. O ministro dos Transportes da Alemanha, Andreas Scheuer, afirmou ao “Bild” que ficou “desapontado” com a Adidas. A atitude da empresa foi vista como ‘egoísta’ por grande parte de autoridades do governo alemão, que vem trabalhando para mitigar os efeitos da pandemia de coronavírus no país europeu.

 

Christiane Brandão
christianebrandao@vilanovaebrandao.com.br
Ficou interessado? Cadastre-se para receber nosso conteúdo exclusivo

Últimos Artigos